Agosto 2016

Da Baía de Guananara aos mais altos assentos do estádio do Maracanã, a tecnologia PENETRON está por trás da nova infraestrutura construída para os Jogos Olímpicos 2016 no Rio de Janeiro, que se inicia em 5 de agosto.

Oficialmente chamado de Games of the XXXI Olympiad, os Jogos Olímpicos Rio 2016 trazem juntos 206 países para competir entre 42 esportes, em 306 eventos, em 37 locais no Rio de Janeiro e em seu entorno. É absolutamente o maior evento do planeta! O projeto Rio 2016 desencadeou uma década de esforços em novas construções para expandir a infraestrutura local para meio milhão de turistas, aguardados durante os 16 dias deste mês.

Cláudio Neves Ourives e a sua equipe na PENETRON Brasil tem participado de vários projetos ao longo desses anos. Nosso “PENETRON Industry Newsletter” dá uma visão geral dos projetos que caracterizam a tecnologia de cristalização PENETRON. Veja nosso website www.penetron.com.br para maiores informações dos recentes projetos que nós temos participado.

Jozef Van Beeck
Diretor Internacional de Vendas e Marketing

 



 

PARQUE AQUÁTICO – RIO 2016

 
 

CENTRO DE MÍDIA RIO 2016

 
 

Passeio Olímpico

 
 

Projeto Porto Maravilha

 
 

Porto 2016 Gamboa

 
 

Porto Atlântico

 
 

Rio Metro / Line 4

 
 

VLT - Porto Maravilha

 
 

Copa Star Hospital

 
 

Túnel Rio 450

 
 

Túnel Marcello Alencar l

 
 

Aeroporto Internacional Galeão - Rio

 
 

Museu do Amanhã

 
 

Aquário Aqua Rio

 
 

Hotel Arena Leme

 
 

Hilton Hotel Barra Rio de Janeiro

 
 

Trump Hotel Rio de Janeiro

 
 

Hotel Grand Hyatt Rio de Janeiro

 

 
   
PARQUE AQUÁTICO – RIO 2016

No Parque Aquático, serão realizadas as competições de natação, polo aquático e natação paralímpica nos Jogos Rio 2016.

Uma das grandes inovações do estádio é a preocupação com a sustentabilidade. Em vez de uma instalação fechada com ar condicionado, o estádio possui ventilação natural. A arquibancada ficou mais próxima dos atletas, já que a primeira fila estará a apenas dez metros da piscina. A fachada, feita de 66 painéis, com cerca de 27 metros de altura cada, reproduz a obra ‘Celacanto Provoca Maremoto’ da artista plástica Adriana Varejão.

A instalação conta com duas piscinas, uma para competições e outra para treinamento e aquecimento. Cada uma com cerca de 3,7 milhões de litros de água. Há ainda um filtro especial que reduz em 25% o uso de produtos químicos e elimina as impurezas da água. Para garantir a impermeabilidade à pressão negativa da água do solo, as estruturas de concreto das laje de fundo e paredes, que serviram de base para a instalação das piscinas metálicas de treinamento e oficiais, foram tratadas com adição de PENETRON ADMIX e o selamento das juntas de concretagem com PENEBAR SW-55.


   
CENTRO DE MÍDIA RIO 2016

Empreendimento localizado na cidade do Rio de Janeiro, com dois edifícios: MPC- Main Press Center e IBC - International Broadcasting Center. O MPC (Main Press Center) contém dois subsolos, térreo, mezanino, garagem 1, PUC (Pavimento de uso comum) e uma torre de 17 pavimentos, totalizando 78.449,68m², com Certificação LEED Silver. Este edifício será ocupado pelo Centro de Mídia durante os Jogos Olímpicos e posteriormente lançado como Empreendimento Corporativo de salas comerciais.

O IBC Offices (International Broadcasting Center) será composto por dois subsolos e uma torre de 5 pavimentos, totalizando 23.094,70m².

A laje de piso do subsolo e as cisternas foram totalmente tratadas com PENETRON ADMIX e PENEBAR SW-55 para garantir a impermeabilidade das estruturas.

 

   
Passeio Olímpico

O "Passeio Olímpico" ou um grande calçadão, faz uma alusão ao calçadão de Copacabana, que é um símbolo do Rio, como também uma alusão à raias de pistas de atletismo.

Este passeio vem dos acessos ao Parque Olímpico, onde se encontra o Terminal de Jogos BRT e entradas de acesso com detectores de segurança. Na outra extremidade do Passeio, situa-se o "Live Site", uma grande área circular e gramada.

Do lado esquerdo do Passeio Olímpico, a partir da entrada, temos o Centro de Imprensa e o Hotel da Imprensa, e também o Centro de Transmissão Internacional (IBC).

A passagem subterrânea, que faz a ligação do terminal com o passeio do Parque Olímpico, foi impermeabilizada com o sistema Penetron, com adição de PENETRON ADMIX, instalação de PENEBAR SW-55 e aplicação de PENETRON nas estruturas de concreto não protegidas com Penetron Admix.

 

   
Projeto Porto Maravilha

Gerenciada pela Concessionária Porto Novo, que inclui a Odebrecht, OAS e Carioca Engenharia, este imenso projeto de revitalização é uma das maiores parcerias público/ privada no Brasil. Com uma área de 5 milhões de m², a antiga região portuária decadente tem sido transformada em um grande centro urbano moderno.

A tecnologia PENETRON tem sido aplicada extensivamente no projeto, especialmente na construção da nova infraestrutura de transportes como também em edifícios modernos residenciais, comerciais e corporativos.

A incorporação de praças públicas, passeios e ciclo-faixas têm gerado um ambiente amigável às pessoas. O fluxo de tráfego foi aumentado com as vias Expressa, do Binário e com o novo Veículo Leve sobre Trilho (VLT), que também é um projeto PENETRON.

O ponto principal do Porto Maravilha é o Museu do Amanhã, descrito em detalhes abaixo.

 

   
Museu do Amanhã

Projetado pelo renomado arquiteto espanhol Santiago Calatrava, este novo museu é um ponto principal do grande trabalho de revitalização da área do Porto Maravilha. Localizado no antigo pier Mauá, na Baía de Guanabara, o museu (15.000m²) combina o rigor da ciência com a linguagem expressiva da arte, com tecnologias de apoio para criar ambientes de imersão, instalações audiovisuais e jogos interativos e dar aos visitantes uma visão do passado e imaginar possibilidades do futuro.

A arquitetura da edificação de formas orgânicas (inspiradas pelas bromélias do Jardim Botânico do Rio) integra funções sustentáveis, tal como o uso da água da Baía de Guanabara para suprir os espelhos d’água e para o sistema de ar condicionado. A cobertura do museu também se move conforme a posição do sol e maximiza a eficiência da geração de energia solar. A água de chuva é captada pela cobertura e usada adicionalmente na irrigação dos jardins, nos sanitários e para lavar os pisos do museu.

O museu foi construído com 55.000 toneladas de concreto estrutural. No subsolo, ficam os equipamentos de bombeamento, refrigeração e purificação da água, onde o PENETRON ADMIX foi especificado para todo o concreto da laje de subpressão e nos espelhos d’água para garantir a capacidade de autocicatrização, mesmo em condições de altas presses hidrostáticas. O aditivo garante a impermeabilidade dos poros e fissuras no concreto, especialmente importante quando o concreto está exposto a agentes agressivos do mar, como cloretos e sulfatos.  As juntas de concretagem foram seladas com PENEBAR SW-55. As paredes do subsolo foram impermeabilizadas com PENETRON contra a pressão negativa. Finalmente, reparos localizados na estrutura do concreto foram realizados com uma argamassa polimérica de alto desempenho PENETRON V/O PATCH.

 

   
Porto 2016 Gamboa

Esse ambicioso projeto de revitalização abrigará a Vila dos Árbitros e da Mídia dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Em 2017, este complexo comercial, residencial e de serviços será aberto para empresas privadas e residências.

Composta por 1.333 apartamentos e 33 lojas comerciais em uma área de 19.000m², PENETRON proporcionou a solução de impermeabilização por cristalização (PENETRON ADMIX) para os reservatórios de água do sistema de distribuição de água e as juntas de concretagens foram tratadas com PENEBAR SW-55. PENETRON ADMIX é aprovado para aplicações em contato com água potável de acordo com a NBR 12.170:09.

 

   
Porto Atlântico

O projeto Porto Atlântico, certificado pela LEED, é composto por edifícios comerciais, lojas e um hotel localizado em 7 torres de dois lotes adjacentes. O Porto Atlântico Leste (16.000m²) hospeda o IBIS e o Novotel (450 quartos), uma torre comercial (330 unidades), uma torre corporativa (54 unidades) e 50 lojas; o Porto Atlântico Oeste (12.000m²) tem 3 torres corporativas com área privativa de aproximadamente 66.000m².

A estrutura do subsolo foi tratada com PENETRON ADMIX para promover uma proteção e impermeabilização do concreto contra a pressão negativa da água do solo. Além disso, com 0% de VOC, PENETRON ADMIX contribui com pontos para projetos de certificação LEED.

 

   
Rio Metro / Line 4

O Brasil fez grandes investimentos no sistema de transporte público do Rio para atender aos visitantes dos Jogos Olímpicos Rio 2016. O projeto mais significante foi o sistema metroviário, como a linha 4 completa que liga a Barra da Tijuca na parte oeste do Rio, com Ipanema, na parte sul. A nova linha do Metrô tem 16km, com 6 estações e uma capacidade diária acima de 300.000 pessoas.

PENETRON, argamassa de cristalização integral, PENETRON ADMIX e PENEBAR SW-55 foram usados para impermeabilizar as paredes, lajes e selar as juntas de concretagem das estações.

 

   
VLT - Porto Maravilha

Conectando o centro da cidade do Rio ao Porto Maravilha, o novo Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) tem 28km e 32 paradas. Como parte de um sistema de transporte público integrado que conecta Metrô, trem, teleférico, BRT, ônibus convencional e o aeroporto Santos Dumont, a linha do VLT é um sistema de transporte publico com uma capacidade de 300.000 passageiros por dia.

Para otimizar a durabilidade do concreto de sub-base e galerias, PENETRON ADMIX foi usado no tratamento de todo o concreto do projeto.

 

   
Copa Star Hospital

A ser inaugurado no segundo semestre de 2016, o Copa Star é um dos mais modernos hospitais no Brasil.  O hospital tem salas cirúrgicas inteligentes, áreas de tratamento híbrido, área de neurocirurgia com equipamento MRI, medicina robótica e telemedicina. Com 150 leitos, 45 centros de tratamento intensivo, 105 apartamentos, nove salas de cirurgia e um setor de diagnóstico, o hospital foi escolhido por vários países que participam dos Jogos Olímpicos Rio 2016 como referência hospitalar.

O PENETRON ADMIX foi usado no concreto da laje de subpressão e nas paredes de concreto moldadas in loco para garantir a baixa permeabilidade do concreto e a durabilidade estrutural. As juntas de concretagem foram seladas com PENEBAR SW-55.

 

   
Túnel Rio 450

Nomeado em homenagem aos 450 anos do Rio de Janeiro, o túnel tem 1.480 m de extensão com um fluxo projetado para 55.000 veículos por dia para conectar a cidade ao Porto Maravilha.

É o segundo maior túnel do Porto Maravilha, ultrapassado somente pelo túnel Marcello Alencar (Via expressa). O túnel tem um sistema de gerenciamento de segurança do tráfego de alta tecnologia.

Usando o método de escavação NATM (New Austrian Tunneling Method), os revestimentos primário e secundário foram executados com concreto projetado via úmida. PENETRON ADMIX foi adicionado ao concreto secundário. Uma camada de  PENETRON foi aplicada como reforço da impermeabilização sobre o concreto secundário nas regiões de rocha devido a baixa espessura do revestimento.

 

   
Túnel Marcello Alencar l

O novo túnel Marcello Alencar é o maior túnel do país (3.370m) e é esperado uma redução de tráfego de 20 a 30% durante a hora do rush. É uma artéria chave do Porto Maravilha e substitui o Elevado da Perimetral já demolido.  O túnel se conecta com a Via Expressa, perto do Armazém 8, e continua na avenida General Justo perto do aeroporto Santos Dumont. Sua profundidade mais baixa alcança 46 m abaixo do nível do mar. Cada direção do túnel têm 3 faixas com uma capacidade de 50.000 carros por dia.

Os dois túneis (1,2 km) foram escavados com sistema NATM. O concreto primário foi projetado via úmida e o secundário, moldado in loco. PENETRON ADMIX foi adicionado ao concreto secundário; 9 km de PENEBAR SW-55 foram usados para selar as juntas de concretagem transversais.

 

   
Aeroporto Internacional Galeão - Rio

O Aeroporto Internacional do Galeão no Rio tem passado por uma grande expansão da sua infraestrutura, incluindo a expansão de novos terminais, novas entradas dos edifícios, um complexo de fingers de conexão e duas áreas de estacionamento com 6.450 vagas.

Atualmente, o aeroporto atende 17 milhões de passageiros anualmente. Agora irá acomodar 3 vezes mais passageiros nos próximos 10 anos.

A maior parte do projeto está na nova entrada que ajuda a simplificar o embarque e desembarque de passageiros através de uma rede de 26 fingers. A nova infraestrutura permite que ocorram vôos simultâneos. Os dois estacionamentos foram finalizados com o incremento de 4 andares no Terminal 1 e a construção de um novo estacionamento do Terminal 2. PENETRON ADMIX foi adicionado em todo o piso em contato com o solo e abaixo.

 

   
Aquário Aqua Rio

O maior aquário da América do Sul, Aqua Rio, têm 28 tanques (4,5 milhões de litros) em dois andares, que propiciam vivenciar 8.000 animais marinhos de 350 espécies diferentes. O maior tanque tem 7m de profundidade com 500m2 de área e um túnel acrílico que permite a entrada dos visitantes no interior do tanque.

Para garantir a absoluta resistência à penetração de cloreto da água do mar e grande durabilidade dos tanques, o concreto de todas as estruturas foi tratado com PENETRON ADMIX e as juntas de concretagem foram seladas com PENEBAR SW-55.

 

   
Hotel Arena Leme

O Hotel Arena Leme, um hotel com 164 quartos (16.845m²) no sul do Rio de Janeiro, foi construído na praia de Copacabana. Inicialmente, foi considerado no projeto paredes diafragmas para retenção do solo arenoso, do alto nível da água no solo e também garantir a estabilidade da fundação. Os engenheiros da Lafem então pesquisaram alternativas mais eficientes para o projeto. Finalmente, foi definida a contenção do subsolo com método de estacas secantes e o sistema “White Tank” para garantir a impermeabilidade da estrutura. PENETRON ADMIX foi adicionado ao concreto novo; PENEBAR SW-55 foi instalado nas juntas de concretagem;  também houve aplicação de PENETRON, PENECRETE MORTAR e PENEPLUG.

 

   
Hilton Hotel Barra Rio de Janeiro

Localizado a alguns minutos do Parque Olímpico e em um distrito comercial da Barra da Tijuca, o novo Hilton Hotel tem 298 quartos e oferece restaurantes, bares, 5 salas de reunião, duas salas para eventos e business center 24 horas. A piscina da cobertura tem vista para a lagoa.

Devido a forte presença do lençol freático na Barra da Tijuca, foi necessária a execução de uma estrutura impermeável no subsolo. PENETRON ADMIX foi usado para tratar todo o concreto usado nas estruturas do subsolo e enterradas.

 

   
Trump Hotel Rio de Janeiro

O primeiro hotel com a marca Trump na América Latina foi construído na Barra da Tijuca, com 16.000m² de área, distribuídos em 13 andares  e dois subsolos. O hotel oferece 170 unidades com quartos de 34m² a 450m2 e piscina aquecida com vista para o oceano.

O alto nível do lençol freático e a execução dos subsolos foram formidáveis desafios para a construtora Lafem Engenharia. Antes da execução da fundação, o nível d’água foi rebaixado. Mais de 2.170.800 m3 de água foram drenados da obra, que é suficiente para mais de 6.400 famílias de 5 pessoas por nove meses!

O  sistema “white tank” foi escolhido como solução para impermeabilização do subsolo usando PENETRON ADMIX para tratar o concreto, PENEBAR SW-55 para selar as juntas de concretagem. Também foram usados PENETRON, PENECRETE MORTAR e PENEPLUG.

 

   
Hotel Grand Hyatt Rio de Janeiro

A Barra da Tijuca, um bairro exclusivo do Rio pelas suas belas praias, luxuosos condomínios e grandes complexos de escritórios, também oferece shopping, restaurantes e atrações culturais. Também está próximo de outros bairros famosos como Copacabana, Ipanema e Leblon e a aproximadamente 50 minutos de carro do aeroporto do Galeão.

Este luxuoso hotel praiano tem 436 quartos, incluindo 40 suítes e 3 grandes suites na cobertura e uma piscina. No térreo, há três restaurantes, uma área de lazer e dois centros de convenção; o mezanino têm nove salas de reunião e um centro de negócios; o spa e a academia estão no primeiro subsolo. Os hóspedes podem curtir a localização do hotel ao lado do mar, com vista do oceano Atlântico e do entorno da lagoa de Marapendi.

PENETRON forneceu a solução para impermeabilização do subsolo nas juntas de concretagem da laje de subpressão através da instalação de PENEBAR SW-55. PENEPLUG foi usado para selamento de infiltrações pelas ancoragens para parede diafragma.