Veja um vídeo de 3 minutos demonstrando como Penetron funciona
 

NESTA EDIÇÃO

Shanghai World Expo 2010
 
Foco no Peru
 
Projeto Los Olmos, Peru
 
Estação de Tratamento de Esgoto de Sedapal, Manchay, Peru
 
Estação de Tratamento de Água Potável Huachipa-Ramal Norte, Peru
 
FATOS RÁPIDOS
Os cristais do Penetron são insolúveis e impermeabilizam o concreto por toda a vida da estrutura.

 

Uma rede intricada de cristais insolúveis se forma na presença de Penetron® e H2O criando uma vedação protetora permanente
 
Veja a capacidade de vedação de rachaduras de Penetron
 
 

 

 

Baixe aqui o Adobe PDF Reader.

 

 

 
 

 

 

Integral Concrete Waterproofing
Shanghai World Expo 2010
Maio 2010
Mais de 200 toneladas de produtos Penetron foram utilizados para impermeabilizar o Expo Axis

O Shangai Expo 2010 abre suas portas e já é o maior evento mundial até o momento. Seu tema “Cidade Melhor, Vida Melhor” explica o novo status de Shangai no século 21 como o maior centro econômico e cultural. Mais de 190 países e organizações internacionais estão participando do evento e estima-se que entre 70 e 100 milhões de pessoas de todo o mundo visitarão o World Expo na China, o que também significaria o maior evento na história em número de visitantes.

A World Expo ocorrerá no coração de Shanghai, onde o antigo porto fluvial foi transformado em um local espetacular de pavilhões de exposições permanentes e temporárias.

O Expo Axis, o maior prédio único da Expo, é um corredor de um quilômetro de comprimento e 100 metros de largura e vai da entrada principal do local da Expo direto até a Celebration Square (Praça da Celebração) ao lado do Rio Huangpu. A estrutura, que foi projetada pela SBA Architects (Alemanha), consiste de dois níveis subterrâneos e dois níveis de superfície e conecta as grandes áreas de exposição no local da Shanghai Expo 2010 e aloja instalações comerciais, de alimentação, de entretenimento e de serviço da exposição. Ele também conectará diversas estações de metrô e o passeio elevado para pedestres. Durante a Shanghai Expo, o Expo Axis servirá como principal via de tráfego para acolher e orientar o pesado fluxo de pedestres.

De acordo com a tema da Expo de “Cidade Melhor, Vida Melhor”, o Expo Axis foi projetado como uma estrutura sustentável para o futuro. Ele apresenta seis “Sun Valleys” que se abrem para o céu e proporcionam luz solar e ar fresco suficientes, enquanto que os seus funis de aço-vidro coletam efetivamente as águas pluviais. Um sistema de tubulação com um comprimento total de 700 quilômetros sob a fundação por estacas introduz água geotérmica e fluvial, que mantém a área aquecida no inverno e fresca no verão.

Penetron foi aplicado como uma mistura seca para impermeabilizar e proteger completamente toda a laje de concreto inferior do Expo Axis contra o alto lençol freático devido à sua proximidade com o Rio Huangpu. No total, foram aplicadas mais de 216 toneladas de material.

Foco no Peru:
Projeto Los Olmos, Peru

Grande parte da costa do Peru é um serrado árido. A chuva é escassa devido a criação pelos Andes de uma barreira bloqueando as nuvens de chuva da bacia do Amazonas. O projeto Los Olmos, de 190 milhões de dólares, atualmente o maior projeto no Peru, foi projetado para desviar a água do Rio Huancabamba no lado oriental dos Andes até a tipicamente seca via fluvial de Los Olmos que se dirige ao Pacífico. Quando concluído, o projeto Los Olmos irrigará mais de 56.000 hectares de serrado próximo à cidade do norte do Peru de Chiclayo.

A empreiteira brasileira Odebrecht está realizando a primeira fase do projeto como parte de um contrato do projeto-construção-operação de 20 anos. O projeto incluiu a construção da barragem Limón de 43 m de altura no rio e perfuração de um túnel de 20 km de comprimento através das montanhas. O reservatório de 275 hectares irá conter aproximadamente 44 milhões de m³ de água.

A peça central do projeto Los Olmos é o túnel transandino, que foi cavado a 2300 m abaixo da superfície e que foi concluído em março de 2009. A primeira fase inteira foi concluída em março de 2010.

Após o início da sua operação, mais de 2 bilhões de litros de água irão fluir através do túnel até a costa do Pacífico anualmente.

Junto com a equipe local da Penetron e a construtora Odebrecht, os produtos Penetron foram usados para proteger a estrutura de concreto do túnel de saída, com excepcional desempenho. Clique aqui para ler a carta de recomendação da Odebrecht.

Estação de Tratamento de Esgoto de Sedapal, Manchay, Peru

Sob a supervisão de seu cliente SEDAPAL, a agência de recursos hídricos de Lima, a empreiteira espanhola Abengoa construiu uma nova estação de tratamento de esgoto para cumprir as rígidas novas regras do país para o reuso de efluentes para aplicações agrícolas. A estação, localizada no Distrito de Manchay, próximo a Lima, Peru, foi concluída no quarto trimestre de 2009. Ela emprega um processo de reator de lote de sequenciamento modificado (SBR) e filtração terciária para produzir efluente tratado o suficiente para irrigar 1.000 acres de terras por dia. O Peru tem uma necessidade crítica de esgoto biologicamente tratado, porque o seu suprimento de água doce extraída está diminuindo e aproximadamente 80 por cento dele está sendo atualmente usado para fins agrícolas. Em resultado, o país promulgou novas regras em julho de 2008 para o reuso de esgoto, incluindo efluente que é aplicado para a criação de animais e cultivo da safra.

As obras executadas pela Abengoa Peru compreenderam principalmente o fornecimento e instalação de mais de 267 quilômetros de linhas principais, canos principais, distribuição, descarga, coletores, tubulação secundária de água potável e esgoto e 7.800 conexões de água potável e esgoto para residências; a construção e ajuste de 14 reservatórios, 5 tanques, 3 câmaras de entrada e 244 câmaras (para redução da pressão, desvio, válvulas pneumáticas e válvulas de purga); a estação de tratamento de esgoto para um fluxo de tratamento de mais de 88.000 L/s; sistema de energia de média e baixa tensão, reservatórios com estação de bombeamento, tanques, casa de bombeamento, reservatórios superiores, câmaras de controle e medição e disposições diversas para o sistema de fornecimento de água potável, bem como a estação de bombeamento de drenagem e sistema de controle e automação.

O Sistema Penetron foi usado para impermeabilizar e proteger o concreto de três tanques de água na Usina de Manchay contra corrosão e ataques químicos. Clique aqui para ler a carta de recomendação da Abengoa.

Estação de Tratamento de Água Potável Huachipa-Ramal Norte, Peru

O Consórcio Huachipa, liderado pela construtora brasileira Camargo Correa está encarregado de projetar, construir e operar os três componentes deste projeto, incluindo as instalações de tomada de água do Rio Rimac, a estação de tratamento de água em Huachipa com capacidade nominal de 10 m³/s (5m³/s no primeiro dos três estágios) na margem do Rio Rimac e uma tubulação de transporte de água de 27 km de comprimento de Huachipa até a zona norte de Lima (Ramal Norte). Quando concluído em dezembro de 2010, este projeto de 360 milhões de dólares será a maior estação de tratamento de água potável da América Latina fornecendo serviços de água e saneamento a 2,4 milhões de pessoas vivendo nas áreas norte e leste de Lima, que estão atualmente deixadas sem ou com acesso muito limitado a água. Além disso, ele ajudará a assegurar o suprimento de água à crescente área metropolitana de Lima e uma redução da mortalidade infantil nas áreas beneficiadas pelo projeto.

O sistema Penetron, o qual é aprovado para uso com água potável, foi aplicado para a proteção e impermeabilização desta estação de tratamento de água, para a completa satisfação do cliente.