Outubro 2015
 

Bem Vindo a mais uma edição do newsletter da PENETRON Intl.

Nesta edição, o TECH TALK se aprofunda mais do que na edição de outubro de 2014 sobre durabilidade que pode ser atingida com PENETRON ADMIX.

Para se ter durabilidade do concreto em ambientes críticos, é necessário obter propriedades como baixa permeabilidade, baixa retração, auto cicatrização e proteção contra ataque químico.

O PENETRON ADMIX incorpora a tecnologia que fornece tais propriedades e testes recentes têm demonstrado que ele pode aumentar a vida útil em 60 anos ou mais a uma variedade de concretos, incluindo CEM II /B-P, CEM II / B–S e CEM III/A, em ambientes agressivos, antes do início da corrosão.

EXPO 2015 – Milão 2015 – 01 de maio à 31 de outubro – Alimentando o Planeta / Energia para a vida.


O Expo Milão 2015 irá fechar suas portas no dia 31 de outubro de 2015. A Exposição mundial está exibindo os resultados obtidos pela sociedade e compartilhando novas tecnologias além de promover a criatividade e o engajamento à nível global. Seguindo o tema “Alimentar o planeta, energia para a vida”, mais de 140 países participantes estão mostrando seu comprometimento com a criação de formas sustentáveis de produção e distribuição de alimento pelo mundo.

A Organização das Nações Unidas (ONU) também está participando da Expo Milão 2015, sob o tema: “Desafio fome zero. Unidos por um mundo sustentável”. O apelo para o desafio fome zero é baseado no desejo do Secretário Geral da ONU, Ban Ki-Moon em encorajar os tomadores de decisão em focar suas atenções sobre fome, nutrição e agricultura sustentável. Uma parte integral do desafio fome zero é a questão da emancipação da mulher e a igualdade de gêneros, sendo o ponto chave da ONU nesta EXPO Milão 2015.

A PENETRON desempenhou papel vital na garantia de conclusão em tempo hábil e durabilidade de algumas infraestruturas para a EXPO Milão 2015 e para a cidade de Milão. Veja o estudo de caso “Zara Expo Túnel” no tópico PENETRON PELO MUNDO.

Jozef Van Beeck
Diretor Internacional de Vendas e Marketing

 

 

TECH TALK: Pesquisa sobre durabilidade do concreto – Auto cicatrização de fissuras com o PENETRON ADMIX

 
 

ZARA EXPO TUNEL LOTE 1ª, MILÃO, ITALIA

 
 

CANAL DE MORNOS, ATENAS, GRÉCIA

 
 

PLANTA HIDROELÉTRICA EL QUIMBO, COLOMBIA

 
 

SIMULADOR DE FURACÃO DA UNIVERSIDADE DE MIAMI, EUA

 
 

AGRI-HUB, PRETORIA, ÁFRICA DO SUL

 
     
siga-nos
   
TECH TALK: Pesquisa sobre durabilidade do concreto – Auto cicatrização de fissuras com o PENETRON ADMIX

Foram feitas amostras de concreto em moldes com tubo plástico perfurado pré-instalado, submetendo os prismas a pressão suficiente para provocar fissura na prensa. A pressão interna causada pela água assim como o volume de água que percolou pela fissura foi medido durante 60 dias. Os resultados foram comparados com amostra de controle.

Depois de aplicar água sob pressão de 16 bar durante 8 semanas, pode-se notar redução de 95% de fluxo de água pela fissura. Sendo que as amostras de controle reduziram apenas 60%.

O PENETRON ADMIX possui a capacidade de auto cicatrizar fissuras até 0,4mm durante toda vida útil da estrutura de concreto.


   
ZARA EXPO TUNEL LOTE 1ª, MILÃO, ITALIA.

O projeto da ligação de estradas ZARA EXPO, foi realizado pela Metropolita Milanese SpA de Milão na Itália. Antes da inauguração no mês passado, o projeto passou por inúmeras mudanças ao longo da ultima década. Para garantir uma solução permanente da estrutura, foi especifica a tecnologia de impermeabilização por cristalização da PENETRON.

O novo conector "Zara-Expo" liga a Via Eritreia em Milão, a área de exposição da EXPO 2015. O novo conector também liga  a rodovia Molino Dorino-A8 com a nova junção Cascina Merlata no A4 que leva a região do lago Lombardia.

Atualmente apenas ônibus autorizados, taxis e veículos podem circular na estrada enquanto são finalizadas as ciclovias adjacentes ao campo de futebol na Via Aldini os trabalhos de paisagismo acima das seções do túnel Boccioni. A estrada possui extensão de 1,8 km (1,1 milhas), incluindo as seções do túnel Boccioni (602m/1.190ft), com duas faixas em cada sentido. Cada túnel mede 10,5m de largura x 6 m de altura ( 34 ft x 19 ft).

O projeto original contemplava o uso de mantas soldadas de pvc-geotextil como solução para impermeabilização. Esta opção foi substituída pela adição do PENETRON ADMIX no concreto assegurando proteção permanente e integral além de fornecer a capacidade de auto cicatrização por toda a vida da estrutura de concreto.

A solução com PENETRON garantiu concreto impermeável por toda superfície do túnel, superando com folgas as especificações originais de projeto. A obra tem conclusão prevista até meados do verão de 2015.

 

   
CANAL DE MORNOS, ATENAS, GRÉCIA

O Lar de mais de três milhões de gregos e uma das cidades mais antigas do mundo, Atenas depende do canal de Mornos para beber água potável. A combinação do sistema PENEPLUG, PENETRON e PENECRETE MORTAR foi recentemente usada nas superfícies exteriores e interiores para reparar os vazamentos no canal.

O canal de Mornos é a principal fonte de água potável para Atenas, fornecendo 380 milhões de m³ (mais de 100 milhões de galões) de água para a maior metrópole grega a cada ano. O canal possui 192 km (119 milhas) de comprimento variando com trechos em tuneis e trechos acima do solo. É também ligado a demais canais de suporte.

O canal é gerido pela companhia de água de Atenas e seu início é no local da barragem do rio Mornos. Este reservatório que contem 780 milhões de m³ (mais de 206 bilhões de galões) de água, é um dos maiores reservatórios da Europa, localizado a cerca de 200 km (124 milhas) a noroeste de Atenas. A companhia de água de Atenas também mantem uma rede de tratamento de água, barragens, sistema de tubos, tanques para filtragem e etc.

A filial grega da PENETRON INTERNACIONAL, PENETRON HELLAS, realizou o trabalho de reparo no canal. O projeto constitui principalmente na reparação e no selamento das inúmeras juntas frias e das fissuras que surgiram no concreto. Na primeira etapa, utilizou-se do PENEPLUG, a argamassa de pega rápida para tamponar o fluxo de água. Foi aplicado PENETRON por toda a superfície exterior. Os reparos na superfície interior foram feitos com PENETRON E PENECRETE MORTAR, selando os vazamentos restantes.

A companhia de águas de Atenas ficou completamente satisfeita com os resultados obtidos com o uso do SISTEMA PENETRON nesta primeira parte do projeto, que já estuda adotar o sistema para as próximas fases do projeto (19.770 acres).

 

   
PLANTA HIDROELÉTRICA EL QUIMBO, COLOMBIA

Aberto para operações em meados de 2015 o projeto de 490 milhões de Dólares da usina hidroelétrica EL QUIMBO localizada no distrito de Huila a 250 km a sudoeste da capital Bogotá é a mais nova usina situada ao longo do principal rio da Colômbia, o rio Magdalena.

O projeto inclui uma barragem principal com 160 metros (525 pés) de altura e 700 metros (2.300 pés) de largura, uma barragem secundária com 66 metros (216 pés) de altura e 400 metros (1.312 pés) de largura além de uma estação de energia de 400MW.  A nova bacia artificial criada é a maior da Colômbia com 55 km (34 milhas) de comprimento e ocupa mais de 8.000 hectares (19.770 acres).

A usina pertence e é operada pela Emgesa, uma subsidiária da italiana ENEL Group, que está dobrando a produção de energia por outra usina mais a jusante do rio Magdalena.

No total, a usina de EL QUIMBO cobre 8% da necessidade energética da Colombia, tornando-se um componente vital para a infraestrutura e desenvolvimento do país.

Depois de lançado 250.000 m³ de concreto, fissuras começaram a surgir no vertedouro devido a drástica variação térmica em EL QUIMBO. Com uma vida de 50 anos de serviço, estas fissuras eram uma preocupação aos projetistas em relação a durabilidade e operação da usina.

A fim de evitar problemas futuros, a contratante Impregilo, analisou as diferentes opções. Depois de uma avaliação de desempenho tanto a Impregilo quanto a projetista INGETEC estavam plenamente convencidos de que só a PENETRON poderia fornecer  solução de longo prazo mais eficiente e no melhor custo, garantindo a durabilidade do concreto. Outra vantagem oferecida pela PENETRON é quanto a aplicação em superfícies molhadas, uma vez que o cliente não poderia garantir que a superfície estivesse completamente seca para realização dos reparos, conforme necessário para outras soluções em discussão.

Desta maneira cerca de 14.000 m² de vertedouro foram tratados com o SISTEMA PENETRON para total satisfação do cliente.

   
SIMULADOR DE FURACÃO DA UNIVERSIDADE DE MIAMI, EUA
O Imenso Simulador de Furacões da Universidade de Miami no centro de ciências marítimas está concluído e funcionando para pesquisas sobre tempestades em climas tropicais. Este aquário gigante recria condições de ventos 150-mph (240 km/h) e foi construído com o uso da tecnologia PENETRON de durabilidade e impermeabilização em estruturas de concreto.

A Universidade de Miami inaugurou recentemente um complexo de tecnologia marinha e ciência da vida no mar por cerca de 45 milhões de Dolares, que abriga o SUSTAIN ( Surge – Structure -  Atmosphere Interaction), uma ferramenta que simula um furacão. Do tamanho de uma pequena casa, ele é capaz de recriar furacões de categoria 5 dentro do laboratório, através de um campo de ondas feitas de água do mar bombeado para dentro do prédio a 3.785 litros por minuto. É composto de três componentes principais:

Um ventilador de 1.400 hp originalmente usado para ventilar poços de minas, tem a função de criar ventos de até 241 km/h.

Um gerador de onda que empurra água salgado com 12 tipos de pás diferentes para criar ondas de diversos tamanhos, ângulos e frequência, podendo assim criar qualquer coisa, desde ondas calmas até mar com ondas caóticas.

O tanque tem 6 metros de largura por 20 metros de comprimento, e é feito com 7,6 cm de espessura em acrílico transparente, tornando as condições internas visíveis por todos os lados.

Com esta nova ferramenta de pesquisa, os cientistas serão capazes de compreender melhor o processo pelo qual os furacões são abastecidos por água quente. Bob Atlas, que está no comando da NOAA do Laboratório Oceanográfico e Meteorológico do Atlântico, explica, "NOAA tem de ser capaz de prever a tempestade. Mas, afinal, o que o público precisa saber é se as suas ruas e casas serão inundadas, e se suas casas vão sobreviver quando o furacão atingi-las. O SUSTAIN vai fazer a diferença ".

À medida que o tanque utilizado na Universidade de Miami utiliza uma grande quantidade de água do mar e gera grandes pressões hidrostáticas, uma solução absolutamente confiável para a impermeabilização e proteção dos principais componentes do sistema foi necessária.

O Material de impermeabilização por cristalização da PENETRON foi aplicado nas fundações do tanque de testes de furacões para evitar entrada de água na matriz do concreto, mesmo sob elevada pressão hidrostática, aumentando significativamente a durabilidade da estrutura.

   
AGRI-HUB, PRETORIA, ÁFRICA DO SUL

Pretoria marca o destino para novos negócios, O AGRI-HUB fica situado na base do cume de Brondberg, abriga construções tecnologias, ambiente natural e sereno para seus inquilinos.

Construído de forma sustentável para cumprir com a legislação SABS SANS 204 , inclui o uso de tecnologia verde eficiente em termos de energia, materiais de construção naturais e iluminação solar em todas as áreas comuns do complexo.

Agri-Hub tem uma localização central, proporcionando acesso às principais rodovias que ligam convenientemente ao centro de Pretória e Johanesburgo.

O complexo possui três novos blocos ao longo de um subsolo central que oferece amplo espaço para estacionamento e acesso a um centro de conferências e a uma loja de café. As comodidades incluem ainda área de entretenimento, segurança 24 horas, facilidade de gerenciamento no local e serviços de limpeza.

Os edifícios fornecer um total de 6000 m² de espaço para escritórios, 300 lugares de estacionamento e são projetados para pequenos, médios e grandes inquilinos.

O projeto foi desenvolvido pela Royal HaskoningDHV e construído por JTSON Construção.

PENETRON ADMIX e PENBAR SW-55 foram usados na laje protendida do estacionamento de para fornecer impermeabilização e durabilidade do concreto. As lajes do telhado de todos os blocos de escritório, guarita e a pousada foram impermeabilizados com PENETRON ADMIX, PENEBAR SW-55, PENETRON e PENECRETE MORTAR.