Setembro 2013

Qualquer um que tenha que tomar a decisão sobre como impermeabilizar concreto tem três opções básicas: uma barreira, drenagem ou uma solução integral. A boa notícia é que as soluções integrais se tornaram tão avançadas que a escolha é agora fácil. Misturas cristalinas da terceira geração, como Penetron Admix, não apenas protegem o concreto pela sua vida útil de projeto, mas também a aumentam significativamente. Isso é feito reduzindo-se virtualmente a permeabilidade a zero. A ciência de reduzir a permeabilidade do concreto e, portanto, aumentar sua durabilidade tem sido estabelecida de maneira firme. Além disso, tais misturas evitam o aparecimento de vapor interno e proporcionam um processo de auto cicatrização de novas fissuras.

Isto levou o American Concrete Institute (ACI) a recomendar misturas cristalinas como a única PRAH (Mistura Redutora de Permeabilidade para Concreto sob Pressão Hidrostática, como definido pelo Relatório ACI 212R).

Nesta Newsletter, nós demonstraremos como essa tecnologia está resultando em um concreto durável em diversos projetos em todo o mundo, o metrô de São Paulo, no Brasil, o túnel rodoviário Burrows, em Sydney, o complexo de natação Talkatora, em Delhi, e Mangaun, em Johanesburgo.

Jozef Van Beeck
Diretor Internacional de Vendas e Marketing


Clique para reproduzir vídeo

 

A tecnologia Penetron dá o pontapé inicial para os eventos esportivos no Brasil

 
     
 

Sao Paulo Metro, Brazil

 
 

Túnel Rodoviário Burrows, em Sydney, Austrália

 
 

Estádio Talkatora, em Nova Delhi, Índia

 
 

Centro Intermodal Mangaun, em Johanesburgo, África do Sul

 
siga-nos
   
A tecnologia da Penetron dá o pontapé inicial para os eventos esportivos no Brasil

Nos próximos três anos, o Brasil sediará três dos eventos esportivos de maior prestígio do mundo, incluindo a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos. As enormes atualizações da infraestrutura atualmente em andamento incluem extensões significativas no sistema de trânsito de massa em São Paulo, uma recente extensão da linha de metrô para o Metropolitano de São Paulo incluiu a tecnologia Penetron. Além disso, os produtos da Penetron foram escolhidos para sete estádios, o Metrô Barra, no Rio de Janeiro, a extensão do Aeroporto de Guarulhos (GRU), em São Paulo, e para a Vila Olímpica, no Rio de Janeiro.


   
Metrô de São Paulo

Os eventos esportivos globais no Brasil incluem a Copa das Confederações (um torneio preparatório para a Cópia do Mundo) realizada neste verão, a Copa do Mundo FIFA de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016. Como a maior cidade do Brasil, São Paulo vem realizando grandes aperfeiçoamentos no sistema de transporte público para lidar com o aumento esperado no turismo para a cidade.

O Metropolitano de São Paulo (comumente denominado Metrô) é o principal sistema de trânsito rápido em São Paulo e o maior do Brasil. A recém-criada Linha 4 tem 12,8 km de extensão com 11 estações em toda a via. Ela tem a expectativa de atender aproximadamente um milhão de usuários por dia - mesmo antes dos eventos esportivos chegarem à cidade.

Trabalhando com a Odebrecht, Camargo Correa, Andrade Gutierrez, OAS e Queiroz Galvão, empreiteiras e empresas de engenharia civil reconhecidas, o Penetron Admix foi aprovado após diversos testes de compatibilidade, durabilidade e desempenho. O Penetron Admix ajudou a aumentar a resistência à penetração da água e melhorar a durabilidade do concreto de todas as 11 estações subterrâneas da Linha 4.

O desempenho do Penetron Admix como um PRAH foi um fator chave em sua especificação. Além disso, a inclusão do Penetron Admix no concreto pronto deu à equipe de construção uma vantagem de programação.

   
Túnel Rodoviário Burrows, em Sydney, Austrália

O túnel rodoviário Burrows foi construído pela Abergeldie for Ausgrid (anteriormente denominada Energy Australia) para alojar 6 circuitos de cabo de 132 kV como parte de uma rede recém-reconfigurada da Subestação Beaconsfield South. O túnel impermeável foi construído utilizando-se um método trenchless pipe-jack e uma Earth Pressure Balance Machine (EPBM). A EPBM, normalmente capaz de perfurar um diâmetro de 2.100 mm, foi atualizada para cortar o diâmetro especificado de 2.800 mm. 28 segmentos de revestimento, com diâmetro de 2.800 mm, espessura de 410 mm e comprimento de 3.000 mm, foram pipe-jacked para construir o túnel impermeável. O processo de perfuração em si levou 10 dias a uma taxa média de 8,4 metros por dia.

As dimensões do túnel, localização, condições do solo e múltiplas interfaces de partes interessadas apresentaram desafios tecnológicos extremos. O solo estava carregado com dois séculos de contaminantes industriais e tão saturado com o lençol freático que um sistema de detenção no local teve que ser estabelecido, amostras de água retiradas e analisadas e o descarte da água contaminada providenciado. Esse processo exigiu um monitoramento rigoroso, pois as restrições de espaço permitiam a armazenagem de um volume de água apenas limitado; caminhões de coleta foram providenciados. Os poços de lançamento e recebimento estavam afundados 8 metros no solo contaminado. O projeto também incluiu equipar o túnel com suportes de cabo e recolocação dos poços para uso posterior como pontos de acesso de manutenção do túnel.

A Penetron Austrália trabalhou com a Demlakian, consultoria em projeto, e com a Abergeldie para fornecer uma estrutura impermeável baseada no sistema Penetron para atender as necessidades do cliente (Ausgrid). O Penetron Admix foi utilizado para todos os elementos de concreto tanto para o poço de lançamento quanto para o poço de recebimento para proteção contra a entrada de água sob condições extremas. Todas as juntas de construção e penetração de tubo dentro dos poços foram vedados com o Penebar SW waterstops. Os furos formados foram preenchidos com Peneplug e Penecrete Mortar.

 

 

   
Estádio Talkatora, em Nova Delhi, Índia

Também conhecido como Complexo de Piscinas Dr. Shyama Prasad Mukherjee, o Estádio Talkatora foi totalmente reformado na preparação para os Jogos da Commonwealth. Todo o complexo foi transformado em uma instalação de natação de última geração de acordo com as normas internacionais e a capacidade do público foi aumentada para mais de 5.000.

As piscinas de tamanho e de mergulho de tamanho olímpico foram completamente refeitas usando Penecrete Mortar, Penetron e Penetron Admix, bem como Penebar SW-45. A parte mais crítica foi a vedação das antigas janelas subaquáticas na piscina de corrida; as áreas criticamente fracas da estrutura de retenção da água. Esta área foi tratada com sucesso com Penebar SW-45 nas juntas das janelas e com concreto contendo Penetron Admix para preencher os espaços vazios.

Uma nova piscina de aquecimento foi construída embaixo das arquibancadas. Uma combinação de Penetron Admix e Penebar SW-45 também foi usada para vedar completamente a piscina de aquecimento recém-construída.

Todo o trabalho foi concluído, para satisfação total da empreiteira principal, a M/s Ahluwalia Contracts (Índia) e o cliente, Departamento Central de Obras Públicas (CPWD). Um total de 5.084 m² de superfície de concreto da piscina foi tratado com Penetron, 316 m³ de concreto tratado com Penetron Admix foram usados para as piscinas existentes e a piscina de aquecimento. Um total de 2.043 m de junta construtiva existente foi reparado com Penecrete Mortar e Penebar SW-45 foi colocado em 360 m de novas juntas de construção e ao redor das penetrações de cano.

   
Centro Intermodal Mangaun, em Johanesburgo, África do Sul

Situado no coração de Bloemfontein, 400 km a sudoeste de Johanesburgo, o projeto do Centro Intermodal Mangaung de US$ 53 milhões é um dos projetos de legado da Copa do Mundo de Futebol de 2010 na África do Sul. O centro de transporte de múltiplos andares pode receber 900 micro-ônibus, ônibus (BRT) e veículos de longa distância - e apresenta áreas de compras de varejo. Pontes aéreas e escadas verticais ligam o centro à ferrovia adjacente e às estações de ônibus de integração. Os arquitetos são a Incline Architects e os engenheiros são a VelaVKE.

O Penetron Admix foi especificado em 28.000 m³ de concreto nas áreas públicas para fortalecer o concreto e prolongar a vida do edifício, que é agora uma instalação impermeável e isenta de manutenção.

Veja a recomendação do Departamento de Transporte e Obras Públicas de Western Cape.